segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Aprendizado constante

Olá Amigos,
Saúde e paz!
O texto apresentado abaixo foi publicado na Revista Pequenas Empresas Grandes Negócios. Resolvi reproduzi-lo porque concordo com a autora. O amor ao estudo e aprendizado foi o maior legado que minha mãe me deixou. Ela sempre repetia que o conhecimento deve ser buscado e aprimorado continuamente.
Espero que apreciem.
Desejo-lhes muito aprendizado e contínuo sucesso!
Um abraço,

Cláudia Conegundes

*Por Fátima Rocha 


Quanto mais eu vivo, mais eu percebo o quanto o líder de uma empresa deve realmente procurar conhecimento. Em alguns momentos, a gente sente a necessidade de um conhecimento técnico, por mais básico que seja. E não há outro jeito de adquiri-lo senão estudando.

Por esse motivo, tenho utilizado meu tempo livre para estudar marketing, mesmo que de um jeito autodidata. Por que marketing? Bom, vou confessar que a minha escolha teve certa influência da minha filha, que estuda essa disciplina e conserva em casa uma extensa bibliografia sobre o tema. Além disso, tenho percebido o quanto essa área está crescendo. Ou melhor, o quanto ela está dominando o mundo.

A maioria dos estudiosos que definem o marketing focam essencialmente na oferta de produtos e serviços como uma constante busca pela satisfação do cliente, seja ele uma pessoa física ou empresa. No entanto, essa área é ainda mais relevante por conta de sua abrangência. Basta procurar em um site de busca a palavra ‘marketing’ para se ter uma noção disso. Apenas para ilustrar, os resultados obtidos vão de marketing digital até marketing Hacker…

O marketing extrapolou essas fronteiras de uma simples relação entre cliente e empresa. Hoje em dia, até o nosso jeito de falar pode ser considerado uma ferramenta: marketing pessoal, por que não? Tenho a impressão de que mais que uma disciplina, essa área se tornou uma competência essencial a cada indivíduo que pertence ao mercado de trabalho.

Quando vendo minhas ideias aos meus colaboradores, ensinando a filosofia da empresa e contribuindo para criar um ambiente de trabalho unido e harmonioso, estou fazendo marketing: o endomarketing. Quando chego a uma reunião com investidores e preciso convencê-los da importância de um negócio, tenho que utilizar todas as ferramentas de persuasão que tenho.

Se pararmos para pensar, o conceito de marketing se assemelha bastante ao de sedução. Mas só isso não basta. A sedução e o talento sempre precisarão estar apoiados em algum estudo para se ter o domínio e convencimento sobre qualquer assunto. Como uma pirâmide poderia ser construída sem uma base? Como uma árvore daria seus frutos se não tivesse um tronco firme e enraizado?

O estudo é a minha base; e o meu segredo é estudar muito. Parar? Jamais.

*Fátima Rocha é formada em Direito e Ciências Contábeis e sócia e diretora executiva da MegaMatte. É também presidente da Seccional Rio de Janeiro da Associação Brasileira de Franchising.


http://colunas.revistapegn.globo.com/mulheresempreendedoras/2012/02/09/aprendizado-constante/#more-605

Nenhum comentário:

Postar um comentário