quarta-feira, 4 de julho de 2012

Quatro Fatores Cruciais para a Felicidade



Olá Amigos,
Saúde e paz!
Acredito que todo ser humano almeja a felicidade. E o que é a felicidade? Será que os motivos pelos quais uma pessoa está feliz são suficientes para que os demais também estejam? Diante desses questionamentos, resolvi trazer o texto abaixo.
O assunto "felicidade" extrapolou o conceito das pessoas comuns e chegou às Universidades.
Penso que é importante avaliarmos nossas vidas, termos sonhos, construirmos caminhos que possam nos fazer alcançar um estado de bem estar e plenitude.
Desejo-lhes muitas alegrias e contínuo sucesso!
Atenciosamente,

Cláudia Conegundes

Luiz Marins

Shawn Achor, psicólogo, professor durante muitos anos na Universidade de Harvard, EUA, onde realizou inúmeras pesquisas, em seu livro “The Happiness Advantage” (A Vantagem da Felicidade), relata quatro fatores cruciais para a felicidade que os cientistas têm descoberto através do estudo de pessoas felizes:

(a) Ter objetivos elevados e significativos na vida;

(b) Buscar as oportunidades que o mundo oferece;

(c) Ter uma atitude de gratidão;

(d) Manter bom relacionamento com um grande número de pessoas.

Peço a você, leitor, que pense nesses quatro fatores e faça uma autoanálise, respondendo as seguintes perguntas:

(1) Tenho objetivos elevados e significativos que possam fazer a diferença na minha vida, na vida das pessoas e da sociedade em que vivo?

(2) Busco todas as oportunidades de crescimento e desenvolvimento pessoal e profissional que o mundo oferece?

(3) Tenho uma atitude de gratidão em relação à vida, às pessoas que me ajudaram a chegar onde estou e àquelas com quem convivo?

(4) Procuro manter um bom relacionamento com muitas pessoas? Tenho uma vida social ativa e sadia?

É claro, diz o próprio autor, que esses quatro fatores não garantem sozinhos a felicidade. Há muitos outros, mas esses são básicos, dizem os cientistas.

Por isso, dizem eles, pessoas que têm fé, espiritualidade e espírito de servir; que têm uma vida cheia de significados, propósitos e valores elevados; assim como aquelas que sentem e expressam sua gratidão pelas coisas que possuem, pelos amigos, pela família e pela vida são mais felizes. Graças a isso, desenvolvem uma maior autoestima e buscam as oportunidades que o mundo oferece, se relacionando melhor com outras pessoas, criando um círculo virtuoso da felicidade.

Pense nisso. Sucesso!


Sobre o Autor: Antropólogo. Estudou Antropologia na Austrália (Macquarie University - School of Behavioural Sciences) na Universidade de São Paulo (USP); Licenciado em História (Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Sorocaba); estudou Direito (Faculdade de Direito de Sorocaba); Ciência Política (Universidade de Brasília - UnB); Negociação (New York University, NY, USA); Planejamento e Marketing (Wharton School, Pennsylvannia, USA); Antropologia Econômica e Macroeconomia (London School of Economics em New South Wales) e outros cursos em universidades no Brasil e no exterior.



http://www.anthropos.com.br/index.php?option=com_content&task=view&id=1114&Itemid=55



Nenhum comentário:

Postar um comentário