segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Que Negócio Eu Devo Começar?

Olá Amigos,
Saúde e paz!
Segundo dados do SEBRAE, é cada vez maior o número de pessoas que querem abrir seu próprio negócio.  
É importante pesquisar a área em que se pretende atuar, buscar subsídios para uma escolha consciente. Foi isso o que fiz e encontrei a minha oportunidade. Estou feliz demais com os resultados que tenho obtido. Convido-os a conhecerem e saberem mais a respeito de meu empreendimento: http://migre.me/brjrO . 
Desejo-lhes muitas escolhas felizes, sucesso contínuo e excelente semana!
Atenciosamente,

Cláudia Conegundes


Mariana Iwakura




Você pensa em abrir uma empresa, mas não tem aquela ideia matadora nem sabe que modelo de negócio é melhor. Por onde começar? Para Marty Zwilling, mentor de startups e colunista do Huffington Post, o primeiro passo é se perguntar por que você quer ser um empreendedor, e não um empregado. Há várias respostas, e o especialista analisa algumas:

1. Você detém a tecnologia que vai mudar o mundo. Se você quer desenvolver um projeto, uma startup tradicional é a melhor aposta. Existe o desafio de conseguir patentes, criar o produto em si e definir de onde virá a receita.

2. Você quer ser chefe. Se você quer ter um negócio pela liberdade que você terá na gestão da empresa, pense em adquirir uma franquia. A organização-base vai definir o que, quando e como fazer, mas o sucesso todo depende da sua execução.

3. Você quer ganhar muito dinheiro. Startups não ganham nada no começo. Algumas não ganham nem no final, mas umas poucas realmente conseguem faturar bastante. As franquias, na média, rendem menos do que outros tipos de negócio, mas têm taxas de sucesso mais altas. Consultorias raramente ganham escala, então você pode ficar bem de vida, mas provavelmente não vai ganhar muito dinheiro.

4. Você quer empreender para satisfazer outra pessoa. Existem muitos empresários que estão tocando um negócio porque seus pais sempre esperaram que eles assumissem a empresa da família ou porque o cônjuge está insistindo nisso ou para provar algo para um irmão ou um colega. Se você tem a possibilidade de escolher, pelo menos selecione uma franquia com risco menor.

5. Você quer algo para se ocupar. Se você tem recursos para abrir uma empresa, é um dos poucos sortudos que pode começar ou comprar o negócio que quiser. Se lhe falta experiência, uma franquia pode ser ideal, porque você terá ajuda para estruturar a operação. Por outro lado, se você tem muita experiência, por que não a compartilhar por meio de uma consultoria?

De acordo com Zwilling, se você ainda não tem certeza de qual é o melhor negócio, vale trabalhar como empregado por mais um tempo, ganhar experiência e autoconhecimento e juntar capital para a empreitada. Só depois dê o salto em um dos modelos citados acima. Você logo vai saber se está se divertindo – e esse é o melhor critério de todos.


Sobre a Autora:
Mariana Iwakura é editora do site Pequenas Empresas & Grandes Negócios e sempre procura histórias de empreendedorismo e de inovação.



Nenhum comentário:

Postar um comentário